Esporte precoce.

Publicado: 15 de junho de 2010 por Possa em Esportes, Floresta, Uncategorized
Tags:, , , , , ,

O esporte é cada vez mais presente em nossas vidas e isso vem causando cada dia mais a iniciação precoce as competições de alto rendimento. A identificação com ídolos, grande divulgação pelos meios de comunicação, pressão dos pais e pressão dos treinadores por resultados fazem com que crianças entrem cada vez mais cedo no esporte competitivo.    Obviamente que esse sistema de treinamento profissional precoce trás grandes resultados, criando os chamados campeões quando atingem seu exponencial físico (entre 20 e 27 anos), porém os que chegam ao “estrelato” são poucos. Então surge uma indagação “e os que ficaram no meio do caminho?”. Criar a idéia para crianças de que irão tornar -se campeãs, não necessariamente as torna.
A pedagogia do esporte não é apenas fazer com que os pequenos repitam exercícios feitos por adultos, vai muito além disso, envolve princípios, comunicação, diálogo e sensibilidade. Será que o esporte levado a esse nível pode contribuir para a formação de um individuo? Muitos dizem que trás disciplina, mas trás seqüelas físicas e mentais muito maiores do que a disciplina, sem contar que existem vários outros jeitos de ensinar tal valor. “(…)Como pode uma prática com fins educativos pautar-se na seleção e na especialização de poucos, ser excludente por essência, dando-se o direito de escolher aqueles que terão acesso aos seus benefícios” (KORSAKAS, 2002).
Lendo sobre o assunto, vi a seguinte constatação: “A verdadeira natureza da competição é que ela cria mais perdedores do que vencedores. Nesse ponto a competição passa a ser tanto desencorajadora quanto ameaçadora àqueles que não possuem capacidades e habilidades suficientes para desempenhar adequadamente e obter o desejado sucesso” (DE ROSE JR, 2002).
De fato nem todos podem ser campeões, mas o peso da derrota tem graus diferentes se levado em consideração a idade e o nível de treinamento da pessoa, a derrota é muito mais dolorosa para uma criança que tem um treinamento de nível profissional se comparado uma criança que apenas pratica e não treina ou então um adulto que sabe contornar a situação.
O maior problema é que muitos centros de treinamento aperfeiçoam apenas a técnica e ignoram o psicológico. “Entendemos por treinamento intensivo precoce (especialização esportiva) o período onde adotam-se programas e métodos de treinamento especializados (SANTANA, 2001). É quando a criança faz, sistematicamente, um único tipo de esporte e encontra aulas que não são diversificadas (SANTANA, 2004). Implica ainda em competições regulares, aprimoramento técnico dos fundamentos, assim como do conhecimento tático e o desenvolvimento das capacidades físicas direcionadas para o rendimento esportivo (SANTANA, 2001). Nesse tipo de treinamento, a criança é pressionada a comportar-se como alguém que não é. É o tipo de situação inútil, que leva os professores a tomarem o tempo dos outros de ser criança (SANTANA, 2004).

By Possa.

Anúncios
comentários
  1. Stein disse:

    Coisa Horrível.
    Essas crianças devem enfrentar esses sacrifícios por alguma ajuda familiar.
    Isso parece mais uma maneira para diminuir a população, quem resiste, sobrevive.
    É preferível fazer nada e olhar os formatos das nuvens tentando ver com o que parece (tipo pensar, meditar) a forçar situações.
    Única coisa que se leva dessa vida é o conhecimento (sabedoria) e conhecimento não ocupa espaço.

  2. Tittão disse:

    Pelo menos eles ainda colocao espumas pra elas cairem….Ridiculos….

    Mais uma criança feliz que uma criança com uma droga de ouro no peito….

    boa noites.

  3. Beto disse:

    Quem apóia isso é um grandessíssimo filho de uma puta sem infância.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s